Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2016

Da República das Bananas à República Velha

Se eu fosse professor de História recomendaria aos meus alunos que acompanhassem, com a máxima atenção, o noticiário sobre a gestão do presidente interino Michel Temer (PMDB).  Não pelo que ele revela sobre os dias atuais, mas pelo que desnuda em relação ao passado que alguns, mais distraídos, supunham superado. A começar pelo lema escolhido: Ordem e Progresso, a máxima positivista que fez algum sucesso lá na Europa, em meados do século XIX, e que embalou os militares que, por aqui, instituíram a chamada República Velha (1889-1930).                 A composição do ministério também traz embutida, nas entrelinhas, uma lição cristalina sobre o passado: é basicamente composta por homens brancos, maduros e endinheirados. Os poucos jovens descendem da estirpe de coronéis, que chancelaram os nomes dos pimpolhos. Lembra a primeira metade do século XX, quando mulher não votava e negros e pardos figuravam na base da pirâmide social e, analfabetos, também não tinham direito a voto.            …